Visite o site da FISUA

Siga-nos:

Dia 15 | Março

21H30 - Grande Auditório da Reitoria da Universidade de Aveiro

 

 

Titulo: Eletrónica Sustentável

 

Palestrante: Profª. Doutora Elvira Fortunato

                        (i3N/CENIMAT, FCT-UNL, Caparica)

 

 

Resumo:

 

A evolução desde a eletrónica baseada em silício para plataformas flexíveis torna necessário recorrer a novos materiais com funcionalidades inovadoras, capazes de ser processados de uma forma não convencional, com baixos custos e ao mesmo tempo de uma forma amiga do ambiente. Entre as alternativas, os óxidos metálicos semicondutores têm chamado a atenção como potenciais alternativas para a nova geração de ecrãs planos. Depois do enorme sucesso da revolução da eletrónica transparente e com o interesse global em ecrãs utilizando óxidos metálicos como verdadeiros semicondutores, estes sistemas já se encontram em fase de comercialização devido a investimentos de grandes empresas como a SHARP, SAMSUNG, LG e BOE. Estes materiais têm demonstrado desempenhos eletrónicos excecionais como semicondutores ativos e as suas propriedades podem ser ajustadas para aplicações onde uma elevada transparência e condutividade elétrica são necessárias. O novo paradigma da eletrónica transparente tem atraído um elevado interesse como nova solução técnica para a nova geração de eletrónica utilitária. O objetivo final destes dispositivos transparentes é chegar a um sistema integrado equipado com funções de armazenamento, imagem e ligação à rede, o que exige necessariamente matrizes de memórias não voláteis transparentes. Em paralelo, tem-se observado um rápido crescimento do interesse na utilização de materiais biológicos para uma vasta área de aplicações. Um dos exemplos mais representativos é a celulose, não apenas na forma de material bruto, especialmente para pasta e produção de papel, mas também para o desenvolvimento de materiais e produtos avançados com propriedades à medida, concretamente baseados em nano-estruturas. Nesta apresentação será feita uma revisão das principais aplicações da celulose vegetal e bacterial em eletrónica, quer como substrato (passivo) quer como material ativo, tendo em consideração a experiência acumulada bem como os grandes desenvolvimentos já levados a cabo no CENIMAT|i3N na área da eletrónica do papel.

 

 

Sobre a palestrante:

 

http://www.cenimat.fct.unl.pt/pessoas/people/elvira-fortunato